12 de setembro de 2010

talves um dia o leias...


Hoje sonhei contigo. Estavas em tua casa, como se nada se tivesse passado, bela como eras e com esse teu sorriso que só de olhar para ti me deliciava. Era como se tivesse ficado uns anos sem te ver e hoje tivesses voltado.
Antes que desapareces de novo, tentei dizer-te tudo o que ficou por dizer em menos de um minuto, mas não fui capaz.
Hoje.. passado tanto tempo senti que estavas ali, ali logo à minha frente. Que aperto tão grande no coração que me dava, só de estar ali contigo, ali mesmo a olhar para ti só mais uma vez, parecia o paraíso! 
Porém..  acordei, e vi que não estavas. que tudo não passava das dezenas de saudades tuas a falarem mais alto. Mais uma vez hoje, sinto a tua falta! ainda mais que no dia em que soube que nunca mais te iria ver. Afinal de contas.. já passaram cinco anos, e isto dói, dói mais do que levar uma valente chapada.
Por tudo isto e mais algumas coisas, quero que saibas que não existe ninguém neste mundo que te ame mais do que eu. És e sempre serás, não a minha segunda mãe mas sim a PRIMEIRA!

Um beijo da tua neta.
Micaela Norte   

6 comentários:

  1. Gostei muito do texto :)

    Bejinhos e força Miquinha <3

    ResponderExcluir
  2. - obrigada por comentares (: adorei o teu texto :3
    vou seguir*
    bjinhos.

    ResponderExcluir
  3. adorei o texto! gostei do novo visual do blog :)
    bjinho

    ResponderExcluir
  4. e eu felizmente posso dizer que a minha maré de azar esta quase a passar, espero (':

    ResponderExcluir